Busca por produtos, busca por informação, não importa sobre o que será sua pesquisa, o que sabemos é que você recorrerá a internet para fazê-lo. E o mais habitual é que utilizemos como mecanismo de busca o Google. Mas além deste buscador existem outros que acabamos subutilizando.

O Google, apesar de ser um dos buscadores mais utilizados hoje em dia, não foi o primeiro a existir, e quando não encontramos alguma informação nele, devemos arriscar em outro site buscador. Cada buscador utiliza um tipo de metodologia e sintaxe na internet, por isso pode lhe apresentar resultados diferentes de pesquisa.

O Yahoo! foi um dos primeiros buscadores internacionais que surgiu em meados dos anos 90, com um sistema simples, já que a internet começou a se popularizar neste época. No Brasil o Cadê? Foi o primeiro site buscador nacional criado em 95. O site Cadê foi comprado pelo Yahoo! e se transformou no Yahoo! Cadê?

Apesar de poucos se lembrarem, junto ao surgimento do Yahoo! e Google, houve em 95 o surgimento do buscador Altavista. Apesar de muito bom, este buscador não evoluiu como os demais, estacionou no tempo e sem incorporar novas funções, quase foi extinto, mas assim como o Cadê, passou a fazer parte do Yahoo!.

Outro buscador nacional que existe até hoje é o Aonde, ele manteve-se fiel como um site 100% brasileiro, sem se filiar a um mecanismo internacional. Por volta de 2009 havia também um buscador criado por uma ex-funcionário do Google, denominado Cuil, mas hoje só e o encontramos em domínio colombiano.

Atualmente existe um outro buscador que pouca gente percebe e não utiliza corretamente e está dentro da rede social mais utilizada hoje em dia, o Facebook.  O buscador do Facebook está na barra superior e permite não só procurar pessoas ou fan pages, mas também para a lhe indicar locais e coisas fora de seu domínio. Uma curiosidade é que esse buscador está associado ao Bing. No Facebook também já está disponível para algumas pessoas, o graph search, uma busca muito mais dirigida, que permite selecionar por cidade ou fazer pesquisa de nicho.   

Que tal ficar de olho e abrir possibilidades para outros buscadores?